sem receita

Soluções espontâneas e esporádicas para o tédio da alma.

Camilo Alves Nascimento

Escritor por natureza, mesmo sem saber sobre o que escreve. Mineiro que gosta de rock, apaixonado pela beleza urbana e por todas as suas sutilezas. Insone, ex-fumante, que busca incessantemente entender a mediocridade humana, inclusive a sua. E acredita cegamente que um bom café pode salvar vidas.

Gueixas Urbanas

Hush é artista inglês que utiliza as figuras das Gueixas japonesas para realizar um trabalho de street art maravilhoso. Misturando elementos culturais diferentes, e com o uso de técnicas variadas, ele cria uma combinação perfeita entre o ocidente e o oriente, o moderno e o clássico. Suas intervenções são mais do que uma simples expressão artística, são uma verdadeira realização de sincretismo cultural, com classe e sutileza. Dois mundos que se encontram.


As Gueixas fazem parte da cultura japonesa, símbolo de poder e delicadeza, elas são mulheres que estudam as tradições da arte, da sedução, da dança e do canto. Elas se caracterizam pelos trajes e maquiagem tradicionais utilizados.

As figuras das Gueixas na cultura japonesa estão carregadas de erotismo, beleza e sedução.

hush-geisha-street-art-18.jpg

Inspirado por essas figuras icônicas, e com uma forte influência de mangas, o artista de rua inglês Hush criou belas intervenções urbanas.

Seu trabalho é uma mistura de técnicas de colagem, grafite, desenho e estêncil, que ele utiliza para criar uma releitura, ou melhor dizendo, uma recontextualização da figura da Gueixa.

Mantendo toda a delicadeza e sensualidade desse ícone, ele realiza um trabalho complexo e minucioso, inserindo essas figuras em um cenário urbano, com vestidos coloridos, cheios de vida, contraste e brilho, para criar algo novo. Suas Gueixas não expressam só a beleza e sensualidade oriental, elas representam um sincretismo cultural.

hush-geisha-street-art-3.jpg

A principal característica de sua arte é justamente o contraste que encontramos ente as linhas suaves e delicadas das personagens, com as cores vibrantes, paredes sujas e as diversas formas utilizadas para compor seus vestidos e cenários.

A mistura de um elemento milenar, dotado de tradição cultural, com uma expressão de arte crua, instintiva e naturalmente moderna, fruto de um mundo urbano, é mais do que algo audacioso, é transgressor. Assim como a própria arte urbana.

É essa mistura de estilos, de figuras e cenários que cria uma arte bela e maravilhosa. Hush consegue provar que toda a beleza e delicadeza desses rostos e corpos femininos retratados, combinam com essas cores expressivas e esses cenários agressivos.

Um trabalho que merece ser apreciado, e uma prova de que o "sagrado" merece não ficar intocado.

hush-geisha-street-art-6.jpg

Hush é um artista que vive e trabalha no Reino Unido, designer gráfico e ilustrador, ele viajou pela Ásia, Europa e América do Norte, tendo essas viagens influenciado diretamente sua obra. Seu nome saiu na lista do jornal The Independent "Top 20 Up and Coming Artists”.

Para saber mais, perca seu tempo aqui.

hush-geisha-street-art-9.jpg

hush-geisha-street-art-10.jpg

hush-geisha-street-art-12.jpg

hush-geisha-street-art-14.jpg

hush-geisha-street-art-19.jpg

hush-geisha-street-art-21.jpg

hush-geisha-street-art-24.jpg


Camilo Alves Nascimento

Escritor por natureza, mesmo sem saber sobre o que escreve. Mineiro que gosta de rock, apaixonado pela beleza urbana e por todas as suas sutilezas. Insone, ex-fumante, que busca incessantemente entender a mediocridade humana, inclusive a sua. E acredita cegamente que um bom café pode salvar vidas..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/Intervenções// @destaque, @obvious //Camilo Alves Nascimento