sem receita

Soluções espontâneas e esporádicas para o tédio da alma.

Camilo Alves Nascimento

Escritor por natureza, mesmo sem saber sobre o que escreve. Mineiro que gosta de rock, apaixonado pela beleza urbana e por todas as suas sutilezas. Insone, ex-fumante, que busca incessantemente entender a mediocridade humana, inclusive a sua. E acredita cegamente que um bom café pode salvar vidas.

Aquele Momento

Um conto curto de Camilo Alves do Nascimento, escrito como um relato, que traz pra superfície as lembranças de momentos especiais, momentos pequenos e únicos de uma vida à dois, mas que nem sempre é dividida. Um relato de prazeres secretos e individuais de amantes que se completam. Um sopro, que destaca a importância dos olhares não percebidos pelo outro.


Meus olhos se abrem preguiçosamente, e em meio a penumbra, o sono e o silêncio da noite: você. De costas, seu cabelo cai suavemente sobre a nuca, deixando escapar por entre eles um pedaço de pele e seu cheiro. O lençol entrega seu ombro, cores e desenha seu corpo.

996613_505802236174261_1922481436_n.jpg

Solto um suspiro longo...você não se mexe, dorme pesado e provavelmente sonha...seu corpo roça o meu, em curvas e encaixes perfeitos. Minha pele arrepia, pedindo a sua. Nossos pés repousam, cansados de dançarem, por horas, carinhos secretos e sonâmbulos.

Aperto meu corpo suavemente contra o seu, você responde, mas não se vira. Encosto meu peito nas suas costas, sinto sua respiração, e seu cheiro me invade. Suavemente, ele passeia em mim, me cobrindo por inteiro e tomando minha alma. Minha boca saliva, meu coração dispara, meu corpo se entrega.

Você fez de um dos meu braços seu travesseiro, mas deixa ele livre o suficiente para que a ponta dos meus dedos consigam tocar seus cabelos...Minha outra mão procura instintivamente a sua. Encaixo meu dedos por entre os seus... você me aperta e involuntariamente sorri.

Imóvel, eu te admiro, imaginando tudo que você merece: flores plantadas no jardim, cafés quentes todas as manhãs, bilhetes esquecidos no cotidiano, abraços e carinhos de madrugada, respeito, beijos a todo momento e ser lembrada, todos os dias, da mulher maravilhosa que você é...

Fecho meus olhos, meu corpo treme e com o coração eu suspiro: te amo.

Você dorme...

Aquele momento em que você percebe, que tudo que sempre sonhou na vida, está do seu lado.

Te desejo, com o coração, para te amar com a alma.


Camilo Alves Nascimento

Escritor por natureza, mesmo sem saber sobre o que escreve. Mineiro que gosta de rock, apaixonado pela beleza urbana e por todas as suas sutilezas. Insone, ex-fumante, que busca incessantemente entender a mediocridade humana, inclusive a sua. E acredita cegamente que um bom café pode salvar vidas..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// //Camilo Alves Nascimento