ser ou não ser

Arte e Vida

Victor Barros

Sede de viver.

O dia, a tarde e a noite: Um ensaio

Um ensaio sobre a perspectiva do dia em relação a nós.


texting-AP110104022063_620x350.jpg

O dia segue, parecendo muitas coisas, aparecendo de muitas formas e demonstrando suas forças. Desde a aurora de um novo dia, um livro é escrito. Um escrito sobre o viver, sobre os fenômenos ao nosso redor. Nós nos levantamos através de um labor árduo, difícil de ser descrito mas completamente comum em todos a nossa volta. A luz do sol, o desjejum singular de cada um. A longa perspectiva do dia que para uns incomoda, para outros se transforma mas para alguns é a perspectiva forçada de nossos indivíduos.

Quer queiramos ou não, os resultados e diferentes figuras que pintamos os nossos dias são na verdade reflexos de nós mesmos. As ruas são vistas sempre de maneira diferente, variados acontecimentos reciclam até a mais rotineira e tediosa trajetória. Novas perspectivas são postas, metas são atingidas, propostas são recusadas, cafés esfriam, negócios são fechados assim como empresas vizinhas. Cigarros, hora do rush, música, palavras trocadas entre frases ou indivíduos. Logo chega o crepúsculo e com ele parte de nossas versões feitas vida com o agitar do dia são trocadas por versões mais reflexivas e ponderadas de nós mesmos. Muitas versões, evidentemente, mas cada uma delas acrescentando mais a nossas almas.

O cair da noite acontece com visões de futuro e conversas agitadas. Amantes trocam beijos e discussões, amigos são amparados, alunos dormem em salas de aula e trabalhadores anseiam o tão esperado leito dos vitoriosos. Ao chegar: banho, roupas confortáveis, um pouco de tv, um drinque, calorosas carícias e o primeiro encostar da cabeça no travesseiro: sempre fazendo valer a pena tudo que se passou apenas algumas horas atrás.

screen-capture-3.jpg

Enquanto os olhos vasculham o sono no teto dos quartos e salas, a mente reconstrói expectativas, reformula sonhos, planeja o inesperado e nos põe esperança de um raiar do dia mais recompensador.


Victor Barros

Sede de viver..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/// //Victor Barros