seraine

Riqueza de espírito

Gabrielle Seraine

Aspirante a produtora cultural, escritora, fotógrafa e cantora. Estudo publicidade e gosto de todas as artes, inclusive aquelas que as crianças fazem quando não estamos vendo.

O que há entre Bia de Luna e Curitiba.


Nada. No sentido de que coisa alguma divide a cidade da poetisa. Elas são a mesma coisa. Beatriz Hyuda de Luna Pedrosa não existia, figurava. A poetisa curitibana era a concisão da capital paranaense. Taciturna, mas sorridente, bem educada, mas com um desequilíbrio engraçado e também triste.

Pesavam sobre seus ombros a loucura, a genialidade e o vício pela poesia. Ao menos foi essa a impressão deixada por ela no pouco tempo de convivência que tivemos. Alguns encontros no extinto Café e Cultura na Alameda Carlos de Carvalho e poucas, mas longas conversas ao telefone, foram tudo o que eu o jornalista Vinícius Sgarbe tivemos dela até recebermos a triste notícia da sua morte em janeiro de 2008.

Jornalista por formação, a escritora curitibana nos deixou apenas dois livros publicados: Morfeu Gargalha e Clivagens. Ambos podem ser encontrados no site Estante Virtual. Isso diz muito sobre como a obra da poetisa é tratada na capital paranaense. Poucas memórias amocadas em sebos.

Em um dos livros da autora que encontrei em um sebo curitibano, havia uma dedicatória que dizia: “Quero apenas um café e um cigarro.”, Bia de Luna, 1997.

Bia de Luna.1978.JPG

De tudo restou Uma solidão amarga E corrosiva. Poro a poro E é quando suor e lágrimas Se encontram numa pororca Larga e amiga que A saudade bate. Choro.

bia-de-luna-jovem-renato-pedrosa-image002.jpg

Escrevo e não escrevo lento.

E você, cara, que vive a crédito, Em débito com o sol e a lua crescente Não pense em impunidade.

No conta-gotas que mata tua sede Há dor e descrédito e No que te alimenta há tédio e Veneno.

Não te quero em amenidades, Que são somente consolo E a tua chance É nos igualarmos Nas incertezas do subsolo.


Gabrielle Seraine

Aspirante a produtora cultural, escritora, fotógrafa e cantora. Estudo publicidade e gosto de todas as artes, inclusive aquelas que as crianças fazem quando não estamos vendo..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/// @destaque, @obvious //Gabrielle Seraine