serendipidade

Alimentar a mente é prepará-la para o acaso. O feliz acaso.

Lisa Zigue

É da opinião de que nem tudo está perdido... É necessário um olhar para lá da linha do horizonte e passar as mensagens certas.

A Land Art de Dietmar Voorwold

Quando a arte respira ao mesmo ritmo que a natureza, o artista sente-se em paz.


Dietmar Voorwold capa.jpg

Land Art também conhecida como Earth Art ou Earthwork é uma expressão que se refere às criações artísticas que utilizam como suporte, tema ou meio de expressão o espaço exterior.

Surgiu em finais da década de 1960, consequência de uma insatisfação perante a monotonia cultural instalada e a necessidade latente de quebrar barreiras e transcender as limitações do industrialismo e do urbano. Juntou-se o despertar para as questões ambientais e ecológicas. Num "regresso à natureza", esta forma de expressão artística teve uma resposta muito forte.

As manifestações de Land Art são efémeras e a sua ligação à paisagem é profunda, sendo normalmente, procurados sítios de difícil acesso ao público ou mesmo inacessíveis. A sua destruição é causada mais ou menos depressa por acção do tempo e dos agentes naturais. Os registos documentais são as únicas provas da sua existência.

Dietmar Voorwold 00.jpg

Dietmar Voorwold 2.jpg

Dietmar Voorwold 3.jpg

“Adoro arte e adoro a natureza. Adoro a beleza. Afirmo-me como sendo um representante da beleza artística; algo que espero de mim próprio. É puramente subjectivo, sem qualquer julgamento. Quero sentir-me bem com a arte. Deve despertar em mim, sentimentos positivos e criar estados de espírito com os quais possa, alegremente, relacionar-me. Imagens criadas artisticamente, que escolheria de bom grado, para decorar a minha casa, mimar os meus olhos e aquecer o meu coração. A arte é uma expressão de harmonia e a ressonância certa. A arte é a cura para a alma. A natureza é o meu grande palco e fico muito feliz quando as minhas criações na Natureza falam convosco.”

Dietmar Voorwold | no site Creations in Nature, onde se pode ver mais do seu trabalho.

Dietmar Voorwold 9.jpg

Dietmar Voorwold 0.jpg

Dietmar Voorwold 1.jpg

Dietmar Voorwold 4.jpg

Dietmar Voorwold 5.jpg

Dietmar Voorwold 8.jpg

Dietmar Voorwold 7.jpg

"As minhas instalações confundem-se na paisagem e muitas vezes parece que sempre estiveram lá. A frequência certa é importante para mim. Harmonia e autenticidade. O meu trabalho artístico tem algo a ver com quietude. Paz com a natureza, com o clima, as pedras, a luz e o oceano. Paz comigo próprio. E se no final do dia eu sorrir, saberei que fui capaz de me permitir a alguma paz.”

Galeria do artista aqui


Lisa Zigue

É da opinião de que nem tudo está perdido... É necessário um olhar para lá da linha do horizonte e passar as mensagens certas..
Saiba como escrever na obvious.
version 3/s/artes e ideias// @obvious, @obvioushp //Lisa Zigue