serendipidade

Alimentar a mente é prepará-la para o acaso. O feliz acaso.

Lisa Zigue

É da opinião de que nem tudo está perdido... É necessário um olhar para lá da linha do horizonte e passar as mensagens certas.

Ser humano à luz do lado sombra

Persona e Sombra são conceitos importantes desenvolvidos por Carl Gustav Jung no âmbito da Psicologia Analítica. Se o primeiro é confortável e correcto aos "olhos" do meio que envolve o indivíduo, o segundo é demonizado e reprimido nas profundezas do seu inconsciente.


as 1.png

Sombra é o lado obscuro da nossa personalidade. Ela contém tudo aquilo que consideramos inferior, que queremos negar ou esconder. Aquilo que é considerado fora dos padrões sociais, contrário à moral. Os desejos reprimidos, aspectos de personalidade menos louváveis, os instintos animais.

AS 2a.jpg

Persona é a máscara, o "Eu Social", produto da educação, das regras sociais, da moral. Esta máscara oculta as emoções, os traços de carácter, as acções e atitudes menos aceitáveis perante o meio no qual o indivíduo está inserido.

000.jpg

Segundo Jung, é importante tomar conhecimento destes dois conceitos, compreendê-los, assumindo a sua existência e impacto sobre o nosso percurso individual e sobre a nossa evolução como seres humanos a caminho da individuação, processo através do qual evoluimos de um estado infantil de identificação para um estado de maior diferenciação.

001.jpg

002.jpg

003.jpg

O processo de individuação implica a ampliação da consciência. O Ser Humano tem já uma longa caminhada de fuga à sua verdadeira natureza. Somos peritos em renegar, reprimir, esconder, lidando apenas com a superfície que embelezamos e tornamos mais conveniente, com o objectivo de nos tornarmos mais adoráveis aos olhos de um mundo que faz exactamente a mesma coisa. Mas nada do que é recalcado deixa de existir, e para sempre nos acompanha na nossa caminhada de vida e aquilo que tanto nos esforçamos para esconder, espelha-se em cada passo que damos, nas situações que vivemos, nas pessoas que conhecemos, no destino que criamos dia-a-dia para nós. Nos sonhos, nas ansiedades. Porque somos também as trevas, e se num salto de fé tivermos a coragem de mergulhar realmente dentro de nós, traremos à luz a nossa verdadeira essência e descobriremos que no fundo não existe nada de mal, não existe nada de bem. Existe a magia de sermos quem somos. A maior de todas.

AASSL.jpg

alison scarpulla.jpg

004.jpg

AlisonScarpulla3.jpeg

006.jpg

007.jpg

008.jpg

alISO.jpg

alison_scarpulla6.jpg

011.jpg

012.jpg

013.jpg

  • "Permite-me que me apresente.
  • Sou a tua sombra.
  • Tenho andado sempre contigo este tempo todo,
  • apenas tu decidias ignorar-me.
  • Vejo que agora captei a tua atenção. Por isso, agora, apresento-me.
  • Sou parte de ti, tenho as tuas formas, os teus gestos,
  • Os teus desejos mais profundos. Aqueles que nunca quiseste escutar.
  • Aqueles que nunca quiseste mostrar.
  • Houve vezes que me consegui movimentar em ti e mostrar-nos.
  • Sentia a tua satisfação nesses momentos.
  • Sentia o teu prazer e o modo como me afastavas a seguir.
  • Fugias.
  • Mas sou a tua sombra. Apesar de tudo o que não me fazias,
  • eu estive sempre lá e no fundo tu sabes disso.
  • Tal como sabes também, que apenas no dia em que me aceitares em ti,
  • será o dia em que te libertarás de mim.
  • E no entanto eu continuarei sempre contigo,
  • porque eu sou a tua sombra.
  • Eis-me."
| Aurora Buzilis in Arquétipo de mim Blog |

014.jpg

Fotografias de Sofia Scarpulla, da qual sou fã incondicional. Reflexos de um romper com a realidade e assumir da magia que existe em nós e à nossa volta. A união com a natureza, a união da sombra e da luz... expressões de Arte onde as fronteiras se confundem e os conceitos se libertam.

Confira seu portfólio: shuttermade.com/alisonscarpulla E flickr: http://www.flickr.com/photos/aliscarpulla/


Lisa Zigue

É da opinião de que nem tudo está perdido... É necessário um olhar para lá da linha do horizonte e passar as mensagens certas..
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/artes e ideias// @obvious, @obvioushp //Lisa Zigue