sete horas

toda história é feita de parênteses (e muitos)

Luiz Menezes

Publicitário e (quase) escritor. Apaixonado por gatos, astrologia e jogos de tabuleiro. Cantor de karaokê nas horas vagas.

"Me escolhe, por favor."

Se você quisesse, eu ficaria. Eu largaria todos os meus planos e desesperos num canto, só pra poder viver o seu sorriso todos os dias. Eu viveria nós, com todas as consequências que pudéssemos trazer. Eu ficaria, se você me escolhesse.


2341640561_2.jpg

As luzes da pista me lembram você. E o seu cabelo todo bagunçado, do jeito que eu achava mais bonito. As músicas que tocam com batidas graves, perpetuam dentro de mim a sua voz, me contando com timidez mais um daqueles problemas que todos nós temos, e fingimos não ter. Sinto sua falta, inevitavelmente, a cada segundo. Falta de tudo aquilo que nunca fomos, daquilo que algum dia poderíamos ter sido, e daquilo que sonhei que seríamos. Não posso te culpar por todas as minhas expectativas desmoronadas. De fato, não posso te culpar por nada - sou pequeno demais. Sou pequeno para te alcançar, para te abraçar, para sussurrar no seu ouvido "me escolhe, por favor".

Vejo, à porta, seus olhos fitando o horizonte. Esperando. O vento que entra carrega consigo seu perfume - e, cogito, numa última tentativa, agarrar seu pescoço com os braços e te pedir para ficar. Ao longe, na rua, o som de um carro corta o silêncio. Você sorri. Percebo que nada mais me importa, caso eu perca seu sorriso, suas mãos grandes me fazendo cafunés, sua boca com gosto de whisky. Os faróis do carro iluminam o batente. Não, não vá embora. Você fecha a porta, se despedindo com um aceno de cabeça.

tumblr_mc6tbncghO1r9vk3io1_1280.jpg

Não, não vá embora. Não viva em outros olhos tudo que os meus podem te dar. Não vá. Eu ainda não tive tempo de dizer que gosto de você, muito mais do que parece. Tentei costurar nossas histórias com um milhão de planos, mensagens de bom dia e livros em comum. Tentei acertar todos os pontos, sem desfiar a vontade. Eu tentei.

Seus lábios encostam nos dele, enquanto o carro se afasta.

E eu ainda não tive tempo, nem ao menos uma chance.

Eu ainda não tive você.


Luiz Menezes

Publicitário e (quase) escritor. Apaixonado por gatos, astrologia e jogos de tabuleiro. Cantor de karaokê nas horas vagas..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// //Luiz Menezes