ISRAEL DE SÁ

Desenho letras sobre folhas que se aglutinam em palavras inteligíveis, tomam vida e sonham

Liberdade de... consciência

Tomaram a piada e a politizaram. Esquerda e direita meteram faca um no pescoço do outro gritando palavras em árabe (opa, com árabes não se mexe).


liberdadedeextpressaopm.jpg

A liberdade de expressão é uma piada. Esse deveria ser o mote de muitos humoristas. Tanto aqueles que não fazem rir sem ofender, quanto aqueles que por mais que se esforcem não são engraçados, mesmo zombando da fé, preferência sexual, ou raça alheia – no Brasil há umas duas dúzias desses. Liberdade de expressão parece algo objetivo, posso dizer o que quiser desde que não ofenda o outro, ou até mesmo ofendendo. Teria que arcar com minhas palavras de injúrio, mas isso não parece muito claro.

Chegaram ao disparate – a esquerda – na boca suja de Gregório Duvivier do 'Porta dos Fundos' em afirmar que é algo simples, coisa de criança de fraldas cheias, saber a quem usar como piada: sempre o opressor. Pronto, resolvido, próximo assunto. É pra rir, essa sim foi uma boa piada que Duvivier nem imaginava que tinha capacidade de fazer. No caso do Brasil, não se faz piada de negro, gay, pobre nem puta. Tadinhos, todos oprimidos pela máquina opressora da direita capitalista. Contra cristãos, judeus e héteros tá liberado. Em que panela essa mistura está cozinhando? Na de pressão? Então é só esperar. Só pra lembrar que nos países africanos onde o Boko Haram atua e arrebenta com cristãos como se fossem bonecos de Judas, esses cristãos são minoria, como fica? Não fica, morrem mesmo.

consciencia2.jpg

Ante tudo isso que já tanto se falou e escreveu, mais bobagens que algo produtivo ou aproveitável, me salta as vistas algo dito pelo sempre centrado Contardo Calligaris. Mais que liberdade de expressão devemos pleitear a liberdade de consciência. E é justamente contra essa liberdade muito mais subjetiva e pura que atentam os jihadistas. Eles não querem nos calar, querem nos submeter as suas ideologias goela abaixo. E a esquerda está ali com uma espada no pescoço de quem quiser servir de exemplo, pronta, como um baluarte da verdade e da decência clamando por justiça aos pobres e oprimidos islâmicos!

Podem até nos calar, mas nossa consciência, e seu poder libertador de mudar esse mundinho na bancarrota precisa estar viva a ecoar o que alguns não precisam ouvir. Tão pouco nos furtaremos a cair no engodo de tratar uma piada como algo político que sabemos a quem interessa. É bom ser livre para pensar, como diria Millôr, “Livre pensar, é só pensar.”


ISRAEL DE SÁ

Desenho letras sobre folhas que se aglutinam em palavras inteligíveis, tomam vida e sonham .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //ISRAEL DE SÁ