sob o boné.

do mundo em preto-e-branco e outras melancolias

Raphael Cardoso

Raphael mora em Nova Friburgo/RJ, onde formou-se em Letras. Tem na nostalgia dos dias cinzentos e no senso de solidão da cidade grande a inspiração para seus textos, relatos melancólicos da vida em preto-e-branco.

Solidão sob as luzes da cidade

"All the lonely people, where do they come from?", perguntam os Beatles. A arte de Zachary Johnson traz algumas possíveis respostas para tal questão.


City_1_o.jpg NYC, pintura em óleo.

Zachary Johnson é americano e mudou-se para Nova Iorque com planos de tornar-se ator. Os planos falharam, e das andanças pelas muitas cidades em que morara, surgiram suas pinturas em óleo e pastel, desenhos a caneta e negativos.

Johnson inverte a ligação entre solidão e escuridão, buscando a motivação de suas pinturas nas luzes cintilantes da cidade grande, como fica evidente na série Disappointed People Holding Guardrails:

tumblr_lwafva3Ovd1qzyw3co1_1280_o.jpg Disappointed People Holding Guardrails, Zachary Johnson (all rights reserved)

Zachary-Web 2 of 32_o.jpg Disappointed People Holding Guardrails, Zachary Johnson (all rights reserved)

Zachary-Web 8 of 32_o.jpg Disappointed People Holding Guardrails, Zachary Johnson (all rights reserved)

Na série "Lonely Girls", o foco deixa de ser a cidade e passa a ser seus indivíduos. À caneta, Johnson exalta a beleza, a sensualidade e os vícios das mulheres solitárias.

a2Blue_o.jpg Lonely Girls, Zachary Johnson (all rights reserved)

a21Blue_o.jpg Lonely Girls, Zachary Johnson (all rights reserved)

"Lonely Cities" é um descortinamento das entranhas da cidade:

3x5 Matte Master 6_o.jpg Lonely Cities, Zachary Johnson (all rights reserved)

3x5 Matte Master 7_o.jpg Lonely Cities, Zachary Johnson (all rights reserved)

De onde vêm as pessoas solitárias, não é fácil dizer. Mas sabe-se que elas se aglomeram nos grandes centros, sob as luzes mornas, em solidão compartilhada, tão bem ilustrada na arte de Zachary Johnson.

Mais arte em seu Site Oficial.


Raphael Cardoso

Raphael mora em Nova Friburgo/RJ, onde formou-se em Letras. Tem na nostalgia dos dias cinzentos e no senso de solidão da cidade grande a inspiração para seus textos, relatos melancólicos da vida em preto-e-branco..
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 1/s/arte// @destaque, @obvious //Raphael Cardoso
Site Meter