Ilana Sancovschi

sou arquiteta e artista visual, sou movida por histórias, memórias e identidades...

Arquitetura a Segunda Vista

“A vida pode mudar a arquitetura. No dia que o mundo for mais justo, ela será mais simples.”
Oscar Niemeyer


Thumbnail image for casadebalecapa660x320.jpg Jardim florido da Casa de Baile da Pampulha, Oscar Niemeyer Fonte:jornaltudobh.com.br

Não é incomum vermos pessoas exprimirem seus sentimentos em relação a uma musica, em relação a uma pintura, ou em relação escultura, assim como em relação a uma poesia.

Mas é bem mais difícil ver as pessoas falando sobre os sentimentos que emanam os espaços que vivenciam todos os dias, as arquiteturas que as rodeiam, as cidades que as abrigam, os paisagismos que as cercam. Lidamos com estes elementos como elementos cotidianos, e por estes serem cotidianos deixamos eles nos influenciar sem questionamentos e sem interação consciente.

Porém os espaços em que vivemos, as arquiteturas que percorremos, as cidades em que habitamos e os paisagismos que desfrutamos, tem muito a nos falar silenciosamente.

Em uma proposta inovadora, em meados de 2013 , a Anis, uma agência de comunicação de Minas Gerais veio propor um novo modo de “olhar” a arquitetura.

Thumbnail image for casadobailepbh.jpg Casa de Baile da Pampulha, Oscar Niemeyer Fonte:vejabh.abril.com.br

O projeto de visita guiada “vendada”, leva os visitantes a uma das obras mais famosas do renomado Arquiteto Oscar Niemeyer, a Casa de Baile da Pampulha, rompendo com o paradigma da visão como forma predominante de apreensão do espaço arquitetônico, paisagístico e urbano.

Durante esta visita os participantes são encaminhados pela Casa de Baile com vendas nos olhos, podendo portanto ativar seus outros sentidos como audição, tato, olfato, fazendo com que aprimorem suas percepções de um espaço que antes já era conhecido, ou conhecendo um novo espaço sob uma nova percepção antes não imaginada.

3.jpg Homem e novas percepçoes do painel da Casa de Baile Fonte:anis.art.br/

2.jpg Texturas e cores do painel de azulejos da Casa de Baile Fonte: anis.art.br

Este projeto, desperta não somente um novo olhar sobre a arquitetura e os espaços, mas nos mostra como os eles podem provocar sobre nós diversas sensações que muitas vezes não nos damos conta. E além de tudo, traz a tona a importante missão da inclusão social dos deficientes visuais que merecem contemplar nossa cultura que hoje é pouco acessível a eles.


Ilana Sancovschi

sou arquiteta e artista visual, sou movida por histórias, memórias e identidades....
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 1/s/arquitetura// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Ilana Sancovschi