supernova

No olho do furacão, 360º a toda velocidade.

Alessandra Oliveira

É formada em publicidade, tem opiniões sobre tudo, mas não sabe andar de bicicleta.
Dizem que tem uma supernova nos olhos e mais de 47 vidas.
Ótimos desenhos e fotos no instagram http://instagram.com/newsupernova #followme

Basquiat: A versão underground do pop

O colega de Andy Warhol foi tão pop que namorou até a rainha do pop.
Conheça o outro lado do movimento pop art.


A partir da década de 50, houve a explosão da pop art que surgiu exatamente no momento em que a arte se voltava para o consumo. Foi nessa época que a sociedade passou a conhecer e consumir arte com maior voracidade.

Sempre gostei muito desse estilo, acho que foi um dos motivos para que eu me graduasse em publicidade. Mas até conhecer a obra e a história de Basquiat, tinha uma visão um pouco mais limitada...

O pintor morava em uma caixa de papelão no Central Park. Se afastou da família por não aceitar o padrão de “classe média branca” que seu pai levava... um contador ambicioso, que vivia bem, jogando tênis. Não era por acaso que Basquiat escolhia as paredes dos bairros de classe média e até vernissages para pichar seus textos.

Jean-Michel Basquiat tinha ascendência porto-riquenha e haitiana. Começou a se interessar pela arte desde criança com as influências de um livro de anatomia dado por sua mãe, depois de perder o baço num atropelamento.

Ele pichava paredes com o pseudônimo “SAMO” (Same Old shit). Essa sigla com a qual assinava seus graffitis representava para Basquiat uma espécie de pseudo-religião onde não existia a culpa.

Com muita perspicácia, ele criticava o capitalismo consumista que destrói os vínculos sociais e a psique individual convertendo cidadãos ativos em consumistas passivos, num processo de massificação. Mesmo depois da fama ainda usava suas roupas velhas nos eventos em que participava como uma forma de afrontar à alta sociedade que consumia sua arte.

basquiat.jpg

Basquiat começou a ascender sua carreira, quando conheceu Andy Warhol. O pichador vendeu alguns postais que ele pintava e impressionou Warhol e com seu talento e personalidade.

Andy Warhol até hoje é conhecido como um dos maiores ícones da pop art. Ele criava desconhecendo hierarquias culturais e perseguia a exterioridade da arte. As idéias para a criação das suas obras surgiam de ícones pelos quais a mídia se interessava como Marilyn Monroe. Isso mantinha a relação direta da arte de Warhol com a indústria cultural.

Através de Andy, conheceu a alta sociedade e passou a expor em galerias renomadas. Aos 24 anos o artista já havia realizado 23 exposições individuais, 43 coletivas, participando também da bienal de Witney. Ele até teve um affair com a cantora pop Madona! basquiat-madona.jpg Madona e Basquiat

Na Europa, teve como agente o perito de arte Bruno Bischofberger que, ante disso, foi agente e galerista de Andy Warhol.

Basquiat tinha uma expressão artística diferente de Warhol, uma espécio de pintura anti-pintura com característica forte do pós-modernismo que se apossa de idéias do pós-estruturalismo onde o público é co-autor dos vários recortes culturais que uma obra reúne. Digamos que seja como a prática do-it-yourself.

A ascensão meteórica de Basquiat é justificada pela sua percepção sagaz da política e do mundo da arte, com referências ao jazz e a temas como esporte e racismo. Com suas imagens e textos rabiscados, Basquiat foi celebrado como a voz das ruas. Na década de 1980, foi o primeiro artista negro reconhecido pelo mercado artístico mundial. Apesar de sua obra ser tão aceita, ele sofreu grande preconceito.

Apesar da timidez extrema, sua carreira foi guiada pela sede de reconhecimento, fama e dinheiro, oscilando entre a megalomania e impulsos auto-destrutivos. Após a morte de Warhol, Basquiat se afundou no consumo de heroína e morreu de overdose.

basquiat-warhol.jpg Basquiat e Andy Warhol


Alessandra Oliveira

É formada em publicidade, tem opiniões sobre tudo, mas não sabe andar de bicicleta. Dizem que tem uma supernova nos olhos e mais de 47 vidas. Ótimos desenhos e fotos no instagram http://instagram.com/newsupernova #followme.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 3/s/artes e ideias// @destaque, @obvious, eros //Alessandra Oliveira