taberna das artes

Uma pausa da vida real

Adriano Schone

Publicitario lúdico, uso a arte como ponto de fuga do caos.

Reflexão artística


frase-a-arte-esta-em-crise-porque-se-prende-inteiramente-ao-mercado-frans-krajcberg-124901.jpg

Vivemos em uma era digital, onde somos inundados de tecnologias que encurtam as distâncias e trazem notícias quase que instantaneamente, damos pouca, ou nenhuma, atenção ao que é monótono e estático. Estamos acovardadamente acomodados, vulneráveis a todos tipos de informação supérflua, sem ao menos auferir em questionar. Simplesmente para comprar um tênis, acessamos alguns sites em questão de minutos, fizemos pesquisas de preço sem o esforço de sair de casa e em poucos momentos compramos o desejado tênis.

Enquanto vivemos nesse mundo superficial e frio, esquecemos do que a palavra viver realmente significa. Deixamos de lado nossos sentimentos, enquanto damos atenção as coisas pueril, vivendo uma espécie de vida artificial. Com isso tudo, a felicidade se limita, estamos todos aprisionados a uma sociedade irritada, que sofre de estresse, causando doenças e complicações que outrora já ditas como raras. Essa crise de deficit de atenção, que virou uma praga na população, apareceu coincidentemente com essa geração que faz 10 coisas ao mesmo tempo? Creio que não.

Infelizmente a arte entrou nesse campo triste e tem se tornado fria, tem se acomodado junto ao modernismo e apresentado obras já sem emoção alguma. A percepção pela arte também enferrujou, os olhares sempre com pressa, já não percebem quase nada. As obras artísticas estão em extinção, as que conseguem sobreviver são covardemente desprezadas e os artista por consequência, desmotivados.

O que falta principalmente é um incentivo por parte do governo, criando galerias, museus e outras formas de exposição de arte. O mundo é chato sem formas criativas de expressões, não temos nada para nos inspirar a não ser algumas praças abandonadas. Uma geração toda envolvida com tecnologias, sem peso na história. A Obvious, digo ‘a’ porque somos uma família, é um desses raros lugares onde posso me inspirar, refletir, talvez, até se indignar. Mesmo que virtualmente, é preferivel ter um lugar assim como ponto de fuga. Acho que é isso, ou só isso.


Adriano Schone

Publicitario lúdico, uso a arte como ponto de fuga do caos. .
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/// //Adriano Schone