Gilsara Mattos

Gilsara Mattos é escritora, roteirista, palestrante, publicitária e empresária.

Minhas tardes com Margueritte

É fascinante o descobrir, em qualquer época da vida, que ela, e nós, somos mais do que supomos.


filme gerard 5.png

Lançado em 2010 nos cinemas, "Minhas tardes com Margueritte", cujo título original é "La Tête en Friche", foi realizado por Jean Becker a partir de uma das obras de Marie-Sabine Roger, autora premiada, de mais de 50 títulos.

Com roteiro do próprio Jean Becker e Jean-Loup Dabadie, conta a história de Germain Chazes, vivido com o brilhantismo e naturalidade que são peculiares a Gérard Depardieu.

Sempre humilhado e desvalorizado desde a infância, Germain seguiu sua vida convivendo com os maus tratos recebidos tanto na escola quanto pelos amigos e pela própria mãe, que mesmo idosa continuava com o mesmo comportamento.

Cercado por pessoas que se relacionavam com ele no dia a dia expressando o desvalor que sentiam através de chacotas, Germain atingiu a vida adulta sem evoluir-se intelectual e emocionalmente de forma adequada à sua idade, embora dono de uma personalidade valiosa por ser atencioso, modesto, puro, grato, amigo e confiável.

Além de prestar serviços diversos, ocupava-se em plantar e comercializar a colheita cuja qualidade se orgulhava.

Germain não conhecia o amor, por nunca a ele ter sido apresentado. Relacionava-se sexualmente com Anette, motorista de ônibus vivida por Sophie Guillemin, que o tinha com apreço e com a qual Germain passava momentos agradáveis mas não sabia como vivenciar o amor, já que havia construído uma couraça em volta de seu peito para se proteger das agressões emocionais que sofria pela vida afora.

Era um homem simples, por isso, tinha hábitos simples como sentar-se no banco da pequena praça observando os pombos de tal forma a nomeá-los.

E foi em uma dessas tardes na praça que conheceu Margueritte, vivida docemente por Gisèle Casadesus, uma senhora de 95 anos muito simpática, paciente, ágil e também modesta, que morava em um asilo pago por seu filho, depois de ter se ocupado em sua vida com trabalhos de "cientista" como ela mesma preferiu resumir, fazendo trabalhos inclusive para a Organização Mundial de Saúde, sendo enviada a outros países.

A amizade de ambos, iniciada casualmente em uma praça, de forma desinteressada e tranquila, originou um grande relacionamento, levando à Germain, a oportunidade de crescer como ser humano, podendo conhecer o respeito legítimo que só o amor pode oferecer, levando-o a deslumbrar-se pelo ilimite da vida que se abriu perante ele.

Você vai se deliciar com esse filme. Seus efeitos especiais ficam por conta do esplendor da vida em si, quando vivida em seu ritmo sereno, mas cativante que emociona a todos que se deixam apreciá-la.

filme gerard 3.png

Embora pouquíssimas vezes o trailer faça jus à obra... Não deixe de assistir "Minhas Tardes com Margueritte".

Deguste:


Gilsara Mattos

Gilsara Mattos é escritora, roteirista, palestrante, publicitária e empresária. .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/cinema// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Gilsara Mattos