Gilsara Mattos

Gilsara Mattos é escritora, roteirista, palestrante

De quem é a empresa...

...na qual todos estamos?


AGUA - adrien-olichon-_VZ2MBS7OvU-unsplash.jpg Foto: Adrien Olichon

Imagine que você abriu uma empresa.

Procurou o local ideal para seu objetivo e montou nele a empresa que você quis, com todo zelo e amor. Depois de fazer todo o trabalho para montá-la, ela ficou pronta e linda. Então você contratou os funcionários. Nomeou um gerente, colocou-o de líder de sua empresa, deu a ele os estatutos que ensinam como todos têm que agir na sua empresa, para que fique tudo bem.

Nesses estatutos você escreveu tudo certinho para que a empresa tenha sucesso, para que tenha êxito, para o bem de todos, já que todos dependem do sucesso da empresa por dela receberem seus salários para terem uma vida cheia de qualidade.

Mas ao invés de seguir as ordens que você deixou, ao invés de seguirem os estatutos que ensinam prosperar, muitos funcionários começaram a badernar. Não queriam seguir estatuto nenhum, mas queriam o salário. Outros começaram a ouvir pessoas que queriam se tornar donos da SUA empresa, e a seguir as ordens dessas pessoas. Outros abriram empresas dentro da SUA empresa utilizando seu teto, seu terreno, seus equipamentos, chamaram outros funcionários para serem funcionários deles, e esses, foram e começaram a seguir as ordens desses, ao invés das suas. Outros começaram a fazer greve, motins para retirar da empresa aqueles que queriam respeitar você e seguir seus estatutos. Outros atacaram o gerente, assumiram sua liderança e o perseguiram por todos os departamentos da SUA empresa, tentando destruí-lo.

O que você faria? Despediria os baderneiros para o bem da empresa e dos funcionários que quisessem trabalhar corretamente?

Mas suponhamos que você tenha muuuita paciência, e também piedade, exatamente por esses maus funcionários estarem indo contra você dentro da SUA própria empresa, e por isso você teve pena deles, já que agir assim é de uma burrice impressionante.

Então você, ao invés de despedi-los de imediato, resolveu dar uma chance a eles. E então enviou vários avisos. Mas os baderneiros ignoraram completamente os seus avisos, e continuaram fazendo baderna na SUA empresa, desrespeitando os SEUS estatutos, e ainda querendo se tornar donos dela. Mesmo assim, você enviou outros avisos. Vários.

E depois de muitos avisos, e reuniões, você enviou um aviso prévio, para que então, aqueles que não quisessem trabalhar corretamente na sua empresa, escolhessem uma das seguintes opções: ou se arrependiam e começavam a respeitar você, sua empresa e seus estatutos, ou seriam mesmo despedidos.

Um aviso prévio normal tem o tempo de 30 dias, mas todos nós recebemos um que já está em 2019 anos. Não pense que esse aviso prévio não terá fim por causa da paciência do dono da empresa na qual todos estamos. :)

O nome desse aviso é JESUS, que é o Filho de Deus, o Dono e Criador de tudo, e ele virá qualquer momento para colocar ordem na empresa, e reinar, liderar, gerenciar.

E o funcionário escolhido por Deus para ser gerente/líder da empresa, e nos ensinar os estatutos que receberam do próprio Deus, O Dono de tudo, foi Israel.

Foi aos hebreus que Deus deu os estatutos, como narrado em Êxodo.

Mas o que muitos estão esquecendo, não entendendo ou não querendo aceitar, é que Deus não é Deus só deles, dos hebreus/judeus/israelitas, Deus é Deus, Dono e Criador do mundo todo, de tudo e de todos, pois é d'Ele o mundo e tudo o que há, houve e haverá.

É melhor começar a se ligar nessa realidade, pois o tempo da baderna, está expirando e você não vai querer ser despedido, vai?

Acho que não. :)

GÊNESIS 1: No princípio criou Deus o céu e a terra.

ÊXODO 16: Então disse o Senhor a Moisés: Até quando recusareis guardar os meus mandamentos e as minhas leis?


Gilsara Mattos

Gilsara Mattos é escritora, roteirista, palestrante .
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/sociedade// @obvious, @obvioushp, @obvious_escolha_editor //Gilsara Mattos