Inês Petiz

Inês Petiz é artista. E não poderia ser nenhuma outra coisa.

O extravasar de emoções de Asya Schween

É impossível ficar indiferente às imagens criadas por Asya Schween, tal é a intensidade de emoções que despertam no observador, sejam estas de empatia e compreensão ou mais provavelmente de estranheza, aversão e mesmo medo e repulsa.


lyubimenyalyubi.jpg Aquilo que à primeira vista pode parecer quase uma obsessão pela própria imagem, para Asya, uma jovem russa, formada em física e matemática e sem qualquer ligação familiar com o mundo das artes, é apenas uma forma de escapar ao marasmo dessas disciplinas.

atoy.jpg Estimulada pela rapidez, facilidade e capacidade de manipulação que as câmaras digitais adicionaram ao meio fotográfico, num dia de aborrecimento, Asya tentou captar o seu estado de espírito numa fotografia de si própria. Divertida e intrigada com a possibilidade de transformar a sua fisionomia (fotograficamente falando) de forma a revelar tudo o que lhe vai na alma, seguiram-se um sem número de auto-retratos que praticamente gritam os seus estados de espírito com humor negro e ironia à mistura. blok.jpg badtrip.jpg O seu trabalho consiste num vasto conjunto de imagens perturbadoras, de uma estranha beleza, cuidadosamente planeadas (na sua maioria), onde as emoções da autora saltam das fotografias para colidirem com as emoções que geram no observador. matrix.jpg IwantMyMoneyBack.jpg Asya aborda temas como a loucura existente em todos nós, a sexualidade inerente do que nos rodeia, a infância perdida, a religião, a deterioração do corpo humano até à morte inevitável, e revela sobretudo a vontade de explodir e deixar as emoções e a verdade à vista de todos, de uma forma autêntica e muito pessoal. MyDivineAndRustyMechanics.jpg forgetmenot.jpg oblomannoepero.jpg pacifyyourself.jpg ruchki.jpg Para saber mais sobre Asya Schween leia a sua entrevista com Larry Berman e Chris Maher e veja alguns dos seus trabalhos no seu site pessoal


Inês Petiz

Inês Petiz é artista. E não poderia ser nenhuma outra coisa..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/Fotografia// //Inês Petiz