traz mais uma...

...põe na conta e puxa uma cadeira que o assunto aqui é arte.

Jeferson Batista

Traz mais uma que ainda tem assunto...

  • tie.jpg
    Mil músicas, mil saudades...

    A música nos faz sentir ainda com mais intensidade aquilo que já sentimos. Daí na hora que estamos tristes,a gente toma um vinho, se tranca no quarto e ouve uma música bem fossa... Quem nunca?

    Ou ainda quem nunca sentiu uma alegria desesperada, tamanha que chama meia dúzia de amigos, daqueles mais bagaceiras, compra umas cervejinhas e põe aquela música bem “tira o pé do chão”.

    Mas daí o brasileiro inventou uma palavrinha chamada saudade, que é uma coisinha que bate no nosso peito quando a falta de alguém dói, ou ainda quando nos lembramos de coisas boas e damos risada sozinho. Como a nossa música trata do assunto saudade? Senta aí, traz mais uma que agora vamos cantar músicas de saudade na nossa mesa.

  • Foi o vento.jpg
    Foi o vento...
    Abriu a porta do apartamento 82. Estava cansada, mas estava bem. Era muito bonita, mesmo atrás de seus óculos, chamava atenção dos homens e das mulheres. Gostava disso! Mês passado completara 29 anos e as meninas do balé lhe fizeram uma ...
  • outro_pe_da_sereia.jpg
    Mia Couto e o tabu da latinidade brasileira
    Recentemente li o livro O Outro Pé da Sereia do escritor moçambicano Mia Couto. O outro Pé da sereia traça duas histórias uma delas a história de Dom Gonçalo da Silveira, jesuíta português, que se destina à corte Monomotapa, levando ...
  • mestiço.bmp
    Portinari e os verdadeiros donos da Terra

    Artista consagrado internacionalmente, Candido Portinari, no meio de suas mais de cinco mil obras, também retratou a realidade do homem do campo. Suas obras colocam em discussão o valor que esse povo dá a sua terra. Nos dias de hoje, essa discussão ainda é polemica. Puxa uma cadeira que a mesa toda tem uma pergunta, afinal de quem é a terra?

  • DEMOCRACIA.gif
    Mafalda e os antigos problemas atuais

    A personagem Mafalda foi criada pelo cartunista argentino Quino em 1962, no entanto, cinquenta anos depois, suas críticas são atuais e os assuntos abordados ainda são os mesmos. Agora na mesa, as críticas sagazes da Mafalda

  • amor 2.jpg
    Criolo e a inexistência de amor em SP

    Não existe amor em SP, é assim que começa a principal obra do raper Criolo Doido, em uma canção que põe em discussão a carência do ser paulistano, esse artista coloca nas rádios uma música melancólica, mas que conta a história de uma época na cidade de São Paulo, a época de hoje. Puxa uma cadeira que o assunto agora é Criolo e a inexistência do amor em SP...

  • l a g jpg
    Luiz Antonio Gabriela e Nelson Baskerville, aqueles que não souberam nascer.
    Sexta feira fui assistir ao espetáculo Luiz Antonio Gabriela e preciso dizer a vocês que ainda não consegui processar toda a gama de sensações que o espetáculo causou em mim. Em cartaz na FUNARTE, escrito e dirigido por Nelson Baskerville e ...
  • 3.jpg
    As Serenatas de Marcelo Jeneci

    Como falar da nova MPB sem falar sobre Marcelo Jeneci? Um está intimamente ligado ao outro e junto com o público formam uma tríade, uma nova onda que invade as rádios e os nossos ouvidos de amor e romantismo. Na mesa o assunto agora é Marcelo Jeneci e suas serenatas.