trinta e poucos

Sob o olhar de uma mulher de trinta e poucos anos

Patricia Cardoso Costa

Patricia Cardoso Costa, autora e curiosa, tentando descobrir o que significa ter trinta e poucos anos

  • bota livre.jpg
    Livre

    Sobre liberdade, enfrentar demônios pessoais, mudança de paradigmas sobre ser e estar, tenho a indicar minha última leitura: "Livre" de Cheryl Strayed.

  • barefoot-523933_1280.jpg
    Urgência de nada - Para que, porque e como vivemos e morremos

    Por instantes o meu tão admirado Saks me fez refletir sobre como vivemos, para que vivemos e como morremos. Que certezas imaginárias são essas, que tão bem constituídas nos convencem de sua concretude.

  • normal-heart-trailer-mark-ruffalo.jpg
    Respeito e tolerância - Um filme para pensar à respeito

    E lá vamos nós, nos tornar um grupo de indivíduos invioláveis, frase paradoxal e ridícula que cabe sim em uma sociedade de aparências e status em que vivemos. Todos criamos nossos mundos invioláveis e selecionamos com cuidado quem ou o que é adequado ao nosso bel-prazer. Discutimos política e futebol como se recebêssemos altos salários e benefícios para isso, e passamos todos os dias de nossas vidas "julgando livros pela capa". Escalonamos e julgamos ou outro sem piedade, esquecendo rapidamente do que podemos estar causando agindo assim. "The normal heart" pode ser um passo em direção à compaixão.

  • sphere.jpg
    The Sphere – A sobrevivente solitária

    A arte como representação do momento histórico, marcando a presença do ser humano, suas relações no mundo e seu impacto. Como o olhar influencia na concepção artística original de uma peça, e como uma peça de design pode registrar-se na história dos seres humanos, sem nenhuma prévia intensão . A breve história de uma peça concebida para ser o símbolo da paz mundial, adorno de um dos maiores emblemas do propósito de todo um país e que após sofrer a interferência de uma das maiores tragédias de fundo geopolítico e religioso da história aguarda quase desapercebida um destino, estando em um dos maiores polos culturais do mundo. A capacidade quase jornalística e humana da arte de comunicar os momentos históricos e sociais a que pertence.