Rosa Maria Ferrão

Adoro artes em todas as duas manifestações. Literatura, música, pintura, cinema, enfim, aquilo que o homem cria e deslumbra a si e aos outros.

  • casa arrumada06.jpg
    CASA ARRUMADA

    E eu pergunto: Indiferença é pior que desamor? Estar só é padecer de solidão? Acomodação é pior do que revolta? Quem decide tudo isso?

  • hay gobierno-6.png
    HAY GOBIERNO? SE HAY SOY CONTRA. SE NO HAY TAMBIÉN SOY!

    Cabe às oposições, como é quase ridículo afirmar, fazerem o papel de vigilantes e críticos de um governo. Não é, no entanto, tão difícil assim perceber que se não defendem alguma causa, alguma postura política e alguns valores, as vozes se perdem na mesquinharia das maledicências diárias sem chegar aos ouvidos do povo.

  • poblema09.png
    O POBLEMA DO ZÉ

    O que é realmente importante para se fazer reconhecer, para ser amado, para não ser apenas mais um rosto na multidão? José Augusto Abrantes Junqueira demorou a perceber, mas acabou descobrindo.

  • Quero viver00.jpg
    PENSÃO PARA CAVALHEIROS DE FINO TRATO

    A solidão urbana é uma das mais doridas formas de solidão. É o que Camões chamou do "andar solitário entre as gentes", é a prisão que nos encarcera em nós mesmos e nos impede de sermos felizes e livres. Mas haverá saída?

  • desistenciafig03.jpg
    Pequenas desistências

    Quando será que paramos de tentar? Em que momento de nossas vidas desistimos de viver? Nem sempre esses momentos são notáveis, ou cruciais, muitas vezes sequer nos damos conta de que estão acontecendo. Esta é a história de um homem assim.

  • passado09.jpg
    O PASSADO É UMA ROUPA QUE NÃO NOS SERVE MAIS?

    É interessante observar os caminhos do homem social através do tempo. Cada nova geração que surge vem com o ímpeto da reformulação, da novidade, de acabar com os velhos conceitos e instaurar novos modos de pensar, agir, se expressar. Ao enfocar-se o momento presente como o auge do progresso, da evolução, prega-se o abandono das contribuições do passado. Até que ponto isso é possível?

  • joias01.jpg
    Nem tudo que brilha é joia

    Já reparou como a grande maioria de nós se deixa ofuscar pelo brilho das joias? Pois é, entretanto o seu valor não é agregado ao objeto, isto é, uma joia, ou melhor, os materiais de que é feita não têm valor por si sós. Nós lhes atribuímos o valor que achamos que têm.

  • intoleranciafig07.jpg
    Intolerância, intolerance, intolérance, intolleranzza, intoleranz...

    Independentemente do idioma que se use, dá-se o nome de intolerância à atitude mental caracterizada pela falta de habilidade, ou vontade, de reconhecer e respeitar diferenças de crenças e opiniões, à falta de disposição para aceitar pontos-de-vista diferentes dos próprios.

  • 05comunicac-problemas.jpg
    Falar é fácil

    Fazer-se entender ou compreender o outro não é tarefa tão simples quanto parece. Contextualizar o que se diz e observar o contexto em que as palavras são usadas pelos outros pode ser de grande ajuda na compreensão dos enunciados. No entanto, má-fé e ignorância costumam ser detonadores de diversos equívocos na comunicação humana.

  • corpo feminino4.jpg
    Considerações sobre o corpo feminino

    Muito se discute sobre a massiva exposição do corpo da mulher nos dias que correm. Dúvidas de todo tipo envolvem a questão. Preconceito? Moralismo excessivo? O que há por detrás disso e, se algo houver, quais as consequências?