um ponto no infinito

Sobre o que não é visto, mas que não deve ser ignorado,

Hellen Neto

Escrita é desabafo. É libertação.

Email: [email protected]

Afinal, quem sou eu?

"Conhecer os outros é inteligência, conhecer-se a si próprio é verdadeira sabedoria. Controlar os outros é força, controlar-se a si próprio é verdadeiro poder."
Lao-Tsé


É constante no ser humano a busca pelo autoconhecimento. Nos estágios iniciais da aprendizagem, lembro-me que era comum que a professora das séries iniciais solicitasse a seus alunos que transcrevessem em uma folha de papel quais seriam seus defeitos e qualidades. Ficávamos interrogativos quanto a tal proposição, enquanto éramos, ainda que inconscientemente, levamos a seguir os padrões sociais do que era bom ou ruim, do que tínhamos como distorções ou predicados.

Interessante notar que esses questionamentos não estacionam no primeiro contato. Passamos a vida em busca de saber a resposta para a inquietante pergunta de quem somos, cuja solução se mostra, contraditoriamente, tão longe de ser alcançada. Passamos, então, a buscar respostas em testes amplamente divulgados nas redes que pretendem resolver um questionamento ao qual não conseguimos lograr o tão esperado êxito. Prometem descobrir sua personalidade, suas peculiaridades e indicam até mesmo as melhores pessoas com as quais você deve se relacionar.

Mas, afinal, por que é tão árdua a tarefa de compreender a si mesmo?

quem-sou-eu.jpg

Talvez a maior dificuldade não seja a de saber quem de fato se é, mas sim aceitar a resposta a esse questionamento. Questionar-se sobre si mesmo levará à descoberta de verdades nem sempre agradáveis, principalmente quando se tenta ser o que não é. Porém, tal indagação, por mais frustrante que pareça ser o seu clímax (e, provavelmente, nem se chegará a ele), é essencial para que consigamos entender um pouco do universo que existe em nós, permitindo avaliar de maneira mais profunda o real significado da própria essência.


Hellen Neto

Escrita é desabafo. É libertação. Email: [email protected]
Saiba como escrever na obvious.
version 5/s/recortes// @destaque, @obvious //Hellen Neto