Carlos Eduardo

Ser humano de '89 que viu no desenho uma forma de se expressar quando não encontrava palavras, que viu na fotografia uma forma de mostrar o que só ele via e que viu nas palavras uma forma de justificar sua insanidade cotidiana.

Clipes Musicais: O que o músico quer mostrar!

Clipes ... Ora divertidos, ora depressivos, simplistas ou carregados de efeitos especiais. São como os filmes que distorcem nossa percepção inicial sobre o que lemos nos livros. Um pouco da arte empregada em traduzir visualmente o que se é cantado.


clipes2.jpg

Você as canta, você as imagina. Não há como não colocar suas percepções em cada palavra cantada, até o músico anunciar um clipe para sua tão amada canção. Você torce para que o clipe seja tão bom quanto a música, afinal de contas a sua visão sobre ela vai mudar.

Seja uma história verídica, um vislumbre ou até mesmo um desabafo, a composição musical é a semente que vai gerar o fruto das canções que tanto nos marca. E por serem tão importantes agem como verdadeiras memórias. Você pode não lembrar-se de determinados lugares, pessoas ou acontecimentos, mas se naquele momento tocava alguma música no local ou em sua mente, será ela que garantirá que aquele momento será lembrado por anos.

Singin In The Rain 1.jpg

Mas você já parou para pensar que todo este universo que criaste ao redor de suas canções pode não ter absolutamente nada haver com a concepção original da música? É com esta indagação que acabamos de evidenciar a maravilha do poder da música, porém ainda sim venho ressaltar a tão importante concepção original. A partir do momento que a música agrada-lhe tanto ao ponto de você querer saber a tradução da letra, ou a origem da mesma, os clipes irão apresentar o que o compositor muitas vezes ainda não conseguiu deixar claro com a melodia.

Ficou curioso em saber se suas músicas favoritas possuem clipe próprio? Cuidado, a sensação pode ser uma faca de dois gumes! Como já dito anteriormente a música nos permite encaixar perfeitamente o sentimento que ela transmite aos nossos. Consequentemente o clipe pode torna-lá perfeita ou frustrante. O objetivo dessa reflexão sobre os clipes não é mostrar que o seu músico, ou banda, não levou tão a sério a música que você colocaria na entrada do seu casamento, mas sim exaltar aqueles momentos que nos últimos segundos para acabar o clipe você já está tão surpreendido com a sinergia entre a encenação apresentada e a letra da música, que você flagra-se pensando: "Meu Deus... eu tenho que casar-me ao som dessa música!".

Após toda aquela tensão em achar que o clipe poderia acabar com o conto de fadas que criastes para sua canção, você começa a tornar-se crítico em relação a sensibilidade nos clipes. Sejam eles futuristas, vintages, mega produções ou até mesmo um mendigo dançando com seu cão, a mensagem apresentada ali sempre será o fator mais importante. São nessa situações que grandes músicos selam seus nomes na história.

Como um grande dependente de clipes que sou, tenho preferência por clipes enigmáticos cheios de mensagens subliminares que os ligam a outros clipes. Mas há aqueles que preferiram os clipes engraçados, ou aqueles que são tão bem feitos que aparentam ser até curta metragens. Convido a você a escolher e postar seu clipe favorito nos comentários abaixo. Compartilhar percepções nunca é demais, coloque o porque você acha que este clipe transformou você e a música em questão!


Carlos Eduardo

Ser humano de '89 que viu no desenho uma forma de se expressar quando não encontrava palavras, que viu na fotografia uma forma de mostrar o que só ele via e que viu nas palavras uma forma de justificar sua insanidade cotidiana..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/musica// @destaque, @obvious //Carlos Eduardo