variando

Visões diferentes para um mesmo mundo

Murilo Trevisan

Michael Scofield: gênio real ou fictício?

O que o protagonista de Prison Break revela sobre o comportamento humano? Existe alguém tão frio e calculista assim? Seria ele um cidadão como nós ou apenas mais um dos milhares gênios que vemos na ficção?


tumblr_muuf8sN7aO1sqq6b0o1_500-0.jpg

Como alguns sabem ser assinante Netflix tem suas vantagens e desvantagens. Pois estava eu navegando pela plataforma quando me deparo (não pela primeira vez) com a série Prison Break, que nunca tinha conseguido chamar minha atenção. Mas dessa vez chamou e no Netflix temos as quatro temporadas completas – essa é a vantagem.

A desvantagem fica no fato de a série ser muito boa e eu ter pouco tempo para assistir, mesmo assim já terminei a segunda temporada em pouco mais de duas semanas. E eu como amante de séries não pude deixar de notar o comportamento da personagem de Wentworth Miller, o protagonista da série, Michael Scofield.

Para quem não sabe a série conta a história de Michael que tem um plano quase que infalível para tirar seu irmão Lincoln – condenado por um crime que não cometeu - da prisão que ele projetou, para isso ele forja um assalto para ser preso e acabar na mesma penitenciária do irmão.

2.jpg

Analisando-o vemos que Michael é frio, fala baixo, não perde a paciência, é calculista e pensador. Com isso volto ao questionamento do título, será que existe uma pessoa assim em algum lugar? Ou será ele apenas mais um gênio da ficção? Durante a série ele se revela o famoso líder quieto, que comanda uma fuga da prisão sem perder a cabeça, que sofre em silêncio as dores físicas e mentais do confinamento.

O ser humano é muito estudado e pouco compreendido. Não é de hoje que existem várias teorias sobre o comportamento humano e de como a sociedade que o indivíduo está envolvido colabora para o desenvolvimento de um tipo específico de comportamento.

3.jpg

Na série temos Michael e Lincoln abandonados pelos pais. Lincoln, o mais velho, logo se perde no mundo e se envolve com os perigos do crime. Michael sempre se mostrou mais equilibrado e com esse equilíbrio mental conseguiu se formar e construir uma carreira mais sólida.

A série nos ensina a ter fé no ser humano, eu sinceramente acredito que a sociedade atual pode estar povoada com alguns gênios fora do comum. Pessoas que possuem um intelecto mais desenvolvido do que o da maioria. Pessoas essas que em algum momento da vida podem fazer algo de especial e positivo pela humanidade. . Todos nós temos um lado pensador e calculista, o único problema é encontra-lo.


version 12/s/recortes// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Murilo Trevisan