veja bem

uma análise minuciosa de coisa alguma

Felipe Vega

Adepto do livre pensamento crítico-imaginativo

A DOENTIA ARTE DE DON KENN

Assustadora, doentia, tensa, inquietante... Esses são alguns adjetivos utilizados para tentar classificar a arte do dinamarquês Don Kenn, que usa blocos de anotação autocolantes, os famosos post-its, para apresentar através de ilustrações um mundo inusitado e apavorante.


6.jpg

Os blocos de papel para anotação rápida com dispositivo autocolante, os famigerados post-its, são bastante usados nas escolas e nos escritórios para que aquela ideia ou anotação não se perca e seja facilmente visualizada onde quer que seja colada: tela de computador, porta de armário, mesa de trabalho, dentre outros.

Não é com esse objetivo que o ilustrador dinamarquês Don Kenn usa esses papeizinhos adesivos. Nascido em 1978, escritor, diretor de televisão e pai de gêmeos, Don Kenn diz quase não ter tempo para nada. Contudo, quando lhe sobra algum, desenha ilustrações de monstros nos referidos suprimentos de escritório e até já publicou um livro com os desenhos.

0.jpg

E as obras impressionam pela riqueza de detalhes e por fazer aflorar diversas sensações distintas.

Na maioria das vezes, ao mirar as gravuras, tem-se a impressão de que algo de ruim vai acontecer ali nos próximos instantes, dada a sensação de iminência negativa que as imagens são capazes de transmitir.

No entanto, em outras ilustrações, os monstros parecem estar interagindo normalmente naquilo que seria o mundo deles, tal como os animais procedem em seus habitats naturais.

Ainda, numa relação com outros seres, que se imagina serem humanos, em umas imagens se impera a tensão, enquanto em outras esse contato se opera como se os diferentes tipos de indivíduos se aceitassem e até cooperassem uns com os outros.

3.jpg

7.jpg

Dentre os sentimentos desabrochados a partir de análise rápida ou mais minuciosa das imagens, é evidente que o medo é um deles. Carregados de casas isoladas, crianças indefesas e lugares ermos, os desenhos quase sempre fazem com que a nossa imaginação trabalhe de maneira a sugerir que o desfecho daquelas imagens não será o melhor possível.

Também na seara da imaginação, as gravuras nos remetem à pesadelos infantis e outras tribulações experimentadas nas primeiras épocas da vida, quando ainda se é criança.

2.jpg

Mesmo sendo considerada uma arte doentia, o trabalho de Don Kenn deve ser apreciado, pois ele faz dos post-its espécies de janelas nas quais se pode olhar para um mundo totalmente novo e assustador. Ou não tão novo, dado a familiaridade com esse tipo de ambiente em nossos sonhos mais ruins.

Só lembre-se de não mostrar nenhuma dessas gravuras a seus filhos, caso contrário eles jamais irão querer ter um amigo imaginário.

4.jpg

5.jpg

© johnkenn.blogspot.com


Felipe Vega

Adepto do livre pensamento crítico-imaginativo.
Saiba como escrever na obvious.
version 3/s/Arte// @destaque, @obvious //Felipe Vega