verbo moto visual

arte pra ver, ouvir, tocar. simples assim.

Susy Freitas

Susy Freitas é formada em Letras e Jornalismo pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e hoje se aventura no mundo mágico da pesquisa acadêmica em Ciências da Comunicação. Adora cinema, livros, músicas velhas e rúcula.

Lomografia fake: sites recriam efeito vintage em fotos

Se você não tem uma câmera lomo, holga, diana ou derivadas (e nem tem grana pra comprar um Iphone e bombar no Instagram), confira 5 dicas de sites para fazer sua lomografia fake.


lomo-fake-1.jpgNão é de hoje que a lomografia, técnica na qual se utiliza uma câmera analógica de baixa qualidade para dar um efeito único e espontâneo às fotos, deixou de ser exclusividade de quem tem uma Lomo, Holga, Diana ou outra máquina fotográfica das antigas. Cada vez mais surgem recursos na web que se dedicam a replicar os mesmos efeitos em imagens feitas com câmeras digitais, webcams ou celulares. O Verbo Moto Visual lista a seguir alguns sites bacanas para você criar sua lomografia falsificada da melhor qualidade!

1) Poladroid

lomo-fake-poladroid.jpg

A proposta não poderia ser mais direta: criar polaróides sem uma câmera Polaroid. Ao baixar um programinha, surge no canto da tela uma ilustração fofa da câmera, para a qual você pode arrastar com o mouse a foto que pretende “polaroidar”. Um detalhe muito legal é o fato de que você precisa esperar alguns segundos para a imagem se formar, a exemplo da câmera analógica, o que reproduz aqueles momentos de tensão até a foto estar pronta.

2) Rollip

lomo-fake-rollip.jpg

Outro site sem embromação que oferece uma interface simples e clara, com a opção de 40 efeitos vintage para suas fotos. Ao contrário do Poladroid, não é necessário baixar nada, podendo subir as fotos e trabalhar com as opções online. Não dá muitas opções de manipular a imagem mais a fundo, mas quebra o galho do público menos exigente e, principalmente, dos apressadinhos.

3) La Photo Cabine

lomo-fake-laphotocabine.jpg

O francês Photocabine cria toda uma atmosfera para que o internauta se sinta dentro de uma daquelas cabines antigas onde se tiravam fotos em série. Da musiquinha estilosa até o recurso utilizado para começar a “sessão” (ou seja, clicar no desenho de uma cortina que se abre), o site mantém o charme e só perde pontos por utilizar exclusivamente as imagens captadas da webcam, que geralmente não tem uma qualidade muito boa.

4) Be Funky

lomo-fake-befunky.bmp

Um site à primeira vista não muito atrativo, mas que oferece uma série de efeitos que simulam desde imagens feitas com Lomo, Holga, passando pelas Pinholes e até mesmo o intitulado efeito “popart”. Para quem se empolgar, há ainda a possibilidade de pagar uma quantia irrisória para ter acesso a outras opções exclusivas de cada efeito.

5) Pixlr-O-Matic

fake-lomo-pixrlomatic.jpg

Sem dúvida um dos melhores aplicativos do tipo, sendo concorrente direto do Instagram. Apresenta diversas opções de filtros, molduras, efeitos, opção de cortar a imagem para imitar filmes 120 e, de quebra, tem uma interface bonita e intuitiva. Ideal para os aficcionados pelo Instagram que não tem coragem de gastar dinheiro comprando um Iphone. Não por acaso, é bastante utilizado no rival Android. Disputas a parte, dá para perder um bom tempo explorando todas as possibilidades de efeitos vintage em fotos.

Gostou das dicas? Que tal aliar a elas os 10 mandamentos dos lomógrafos?

1) Leve a sua Lomo para onde vá. 2) Fotografe a qualquer hora do dia ou da noite. 3) A Lomografia não interfere na sua vida, é parte dela. 4) Aproxime-se o mais possível do objecto a ser fotografado. 5) Não pense. 6) Seja rápido. 7) Você não precisa de saber antecipadamente o que vai fotografar... 8) ...Nem posteriormente. 9) Não fotografe com os olhos. 10) Não se preocupe com as regras.


Susy Freitas

Susy Freitas é formada em Letras e Jornalismo pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e hoje se aventura no mundo mágico da pesquisa acadêmica em Ciências da Comunicação. Adora cinema, livros, músicas velhas e rúcula..
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do obvious sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
x9
Site Meter