vide verso

Porque a vida sempre tem o outro lado

Laura Gillon

O segredo é fechar os olhos, deixar o mistério ser a bússola mais fiel e, pelas trilhas, aprender — sempre! — a (d)escrever

Einstein, Roberto Carlos, Você e Eu

Como passa o tempo quando você está com quem ama? Quanto dura uma prova difícil? Einstein e Roberto Carlos te entendem perfeitamente. Eu também.


Time-Passing-Hourglass.jpg

Este ano de malas prontas voou sem passagem de volta, mas... espere um pouco... quem inventou essa história de minutos, milésimos de segundos, eternidades?

A régua de marcar o tempo foi uma criação nossa, uma vã tentativa de controlá-lo, de avisar-lhe que aquele amor nunca envelhecerá; que aquela dor já passou; que um minuto antes do tapa, do acidente, da queda, algo poderia mudar; que "daqui pra frente, tudo vai ser diferente".

São cronômetros precisos, gráficos, planilhas, comparativos com outros anos, planos de investimentos, mapas astrais, testes de gravidez, recordes olímpicos, saudades, contas a pagar ou receber.

Dentro de nós, porém, o tempo não é linear. Além de ser feito sob medida para cada um, de forma pessoal e intransferível, ele passeia pelo nosso olhar, demorando-se nos instantes mais convenientes e atingindo a velocidade da luz quando tudo é sombrio.

A fé não precisa morar no ano novo, já que algumas coisas a matemática do calendário nunca conseguirá explicar. É exatamente aí que repousa minha mente, minha alma, minha verdade.

Se para você é diferente, tudo bem também. Se a ideia de recomeçar no primeiro dia de janeiro com uma camiseta branca conforta seu coração e inunda sua mente de projetos de vida incríveis, que assim seja!

Feliz qualquer coisa nova... Ou mais velha. Não importa. O que importa é acreditar.


Laura Gillon

O segredo é fechar os olhos, deixar o mistério ser a bússola mais fiel e, pelas trilhas, aprender — sempre! — a (d)escrever.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// @obvious, @obvioushp //Laura Gillon